segunda-feira, outubro 16, 2006

O doce veneno de Charlise



Aqui estou eu novamente... Tentando explicar a todos como sou. Em vão compreendem aqueles que só imaginam o que se passa pela minha mente, em vão é procurar o motivo. Nada pode ser explicado quando se sofre,quando se está feliz, eu estou feliz agora, porque finalmente eles pagaram... Os meus escolhidos finalmente tiveram seu castigo. Porque quando eu sofria não existia motivo, agora há. A minha vingança. Cada vez que sinto a respiração ofegante e um pedido de socorro. É aí que me realizo, tudo acontece quando se faz pagar um crime...Todos devem estar se perguntando porque não termino o que começo,porque o fim é muito simplório..A pessoa tem que se lembrar pra sempre que ela não deve fazer mal aos outros,a sua maior inimiga é a sua consciência..É ela que não te deixa em paz, que te atormenta, que te faz lembrar todos os dias uma mentira contada, um segredo escondido é ela que te faz ter medo do que ao conheces...E a mim ninguém conhece e jamais conhecerá......Sou muito complexa e muito absorvida em meus rancores e pesadelos..jamais semeie algo que não quer pra você...porque eu te farei lembrar todos os dias do mal que tenhas feito a alguém...Nunca diga o que não queres que aconteça..porque eu posso te provar que as palavras têm poder...Até o próximo encontro,e a próxima conversa...Só digo uma coisa: Cuidado!!!! Posso estar aí ao seu lado.

CHARLISE DE ORLEANS (A MUSA DE CAMPO GRANDE RSRS)

3 comentários:

  1. Musa de Campo Grande... Meu DEUS!
    PQP... ai ai

    ResponderExcluir
  2. Adorei porque já idealisei uma coisa assim, do tipo: só a Consciência é a dona da verdade...Um enigma...

    ResponderExcluir